(11) 4119 5656 biti9@biti9.com.br

A cada inovação tecnológica, diversos setores — da indústria ao comércio — ficaram mais eficazes em suas próprias funções. Porém, junto com esses recursos, também vieram outras complicações. Os próprios sistemas tecnológicos exigem cada vez mais cuidado para funcionarem adequadamente. Diante disso, surgiu a governança de TI como forma de remediar esse cenário.

Para aqueles que não sabem, essa governança é um conjunto de regras e procedimentos criados com o intuito de elevar a eficiência da área de TI e diminuir o índice de erros. Para isso, as soluções tecnológicas são cada vez mais integradas, melhorando o trabalho de gestão e execução de todas as tarefas do dia a dia.

Para implementar a governança de TI, você vai precisar de diversos investimentos e um bom planejamento. Para ajudar com essa tarefa, separamos cinco passos que você pode seguir para melhorar sua implementação. Acompanhe!

1. Estabeleça seus KPIs

Os Key Performance Indicators (KPIs) — ou “Indicadores-Chave de Performance” — são as variáveis que melhor representam o desempenho e os resultados de qualquer tarefa ou investimento. São eles que devem ser observados para determinar as metas do seu trabalho.

O tipo de indicador utilizado aqui varia de acordo com o contexto e o tipo de tarefa executada. O mais importante é que eles sempre possam ser correlacionados com o melhor desempenho e faturamento dentro da empresa.

2. Implante novas tecnologias

Para que a governança de TI atinja seu potencial máximo, é importante que os recursos tecnológicos da empresa estejam devidamente atualizados. Você não vai atingir resultados acima da concorrência usando as mesmas ferramentas para sempre.

Sendo assim, é bom estar sempre atento a novas tendências da área de tecnologia e pensar em como elas podem melhorar sua organização. Mesmo que essas inovações exijam um investimento extra, considere como o aumento de produtividade pode compensar esse custo inicial.

3. Tenha canais de comunicação e feedback

A coordenação entre os profissionais e o entendimento amplo de cada situação são fundamentais para implementar qualquer mudança. Se você pretende promover essa governança corretamente, tenha certeza de criar espaços para que todos se comuniquem abertamente, troquem dados importantes e recebam feedback.

4. Implemente uma política de segurança

O mundo digital está longe de ser completamente seguro e você deve considerar isso ao implementar a governança de TI. E-mails infectados, tentativas de invasão e sequestro de dados, por exemplo, são preocupações frequentes nessa área.

Se você pretende adicionar mais tecnologia aos processos da sua empresa, então é obrigatório que comece a desenvolver uma política de segurança digital bem forte. Quanto mais pessoas a seguirem, menos riscos você correrá.

5. Padronize e documente seus processos

A ideia de criar esses procedimentos e regras é fazer com que sejam replicados em diversas áreas para maximizar sua relevância. Para isso, o ideal é ter um manual unificado no qual todos os colaboradores possam recorrer. Dessa forma, você evita confusão entre os diferentes setores e também cria uma referência segura caso haja qualquer dúvida.

Agora que você tem os passos da governança de TI, é hora de começar a implementá-la em seu negócio. Acha que mais pessoas deveriam saber disso? Então compartilhe este artigo em suas redes sociais e mostre como é possível ser bem-sucedido nessa tarefa!