(11) 4119 5656 biti9@biti9.com.br

A automação de diversos processos dentro das empresas expandiu consideravelmente as possibilidades de trabalho em diversos setores, desde o atendimento ao cliente até a administração de dados. Um tema que tem ganhado bastante força nesse meio é a robotização da área de finanças.

O Robotic Process Automation, ou RPA, é como chamamos a automação de certas tarefas por meio de softwares dedicados, também conhecidos como “robôs”. O objetivo aqui é simples: deixar as tarefas mais repetitivas e tediosas para a máquina e permitir que os humanos se dediquem a outras áreas. Mesmo dentro da área financeira, esse recurso é muito interessante.

Se você quiser entender mais sobre o tema, veja estes 4 benefícios que o RPA pode trazer para sua área de finanças.

Aumento da produtividade

Quem trabalha em finanças sabe que boa parte do seu dia de trabalho se resume a preencher planilhas, completar contas e conferir se todos os itens estão organizados. Obviamente, isso preenche a definição de trabalho “repetitivo e tedioso” que já mencionamos.

Ao adotar um software automatizado para realizar parte desse trabalho, é possível que o mesmo profissional possa processar mais tarefas em menos tempo. Esse aumento de eficiência significa uma maior rentabilidade para a equipe como um todo no médio e longo prazo.

Diminuição de despesas

A robotização da área de finanças, em especial por conta do aumento de produtividade, promove a diminuição de despesas, isso porque a relação entre o que é investido e o retorno se torna muito vantajosa.

Minimização de erros

Todo ser humano comete erros, mas esse risco é agravado quando há alguma tarefa muito repetitiva e cansativa envolvida. Após algumas horas de trabalho, mal é possível raciocinar os dados de uma planilha ou tópicos em um documento.

Existem exemplos de prejuízos causados por erros humanos. Um deles aconteceu em 2014, quando o Greenpeace, por conta de uma falha de cálculo, perdeu 3,8 milhões de euros.

Parte desse problema pode ser evitada com a ajuda da robotização da área de finanças. Por exemplo, um sistema conseguirá registrar e detectar todos os vencimentos de contas a pagar ou, ainda, dos impostos que devem ser administrados, evitando desde problemas na hora do lançamento quanto no controle de prazos.

Com isso, não há chance de atrasos ou de pagamentos de multas, problemas que podem ser evitados com a robotização. Isso ocorre porque, além de uma máquina não sofrer com distração ou fadiga, o próprio colaborador terá menos informações com as quais se preocupar. O resultado disso é uma diminuição considerável de erros pelos dois lados.

Maior escalabilidade da solução

Um dos motivos para muitas empresas darem preferência a essas soluções de software é sua flexibilidade e escalabilidade. Em vez de se prender a uma ferramenta que só atende as demandas da empresa no estado atual, você pode personalizá-la para que se encaixe em suas necessidades a cada momento. Isso facilita a reestruturação do negócio à medida que ele cresce, evitando que você perca diversas oportunidades.

Agora que você entende melhor os benefícios da robotização da área de finanças, é hora de considerar este investimento. Ainda não está convencido? Então leia este outro artigo e veja por que você deve investir em RPA hoje.